Imagem capa - Dica | Fotografia não se compra em Prateleira por Duarth Fernandes Fotografia
Dicas de Fotografia

Dica | Fotografia não se compra em Prateleira

Bom galera, mais uma dica aqui bem interessante para vocês, quero ser bem direto ao ponto. O título é um pouco engraçado, mas é só para chamar a atenção, hehe.

O que vocês acham que a fotografia tem em comum com uma bolacha, ou feijão, refrigerante etc? Calma que eu explico.

Quando você vai a um supermercado, você vai a sessão desse produto e não encontra vários produtos, de vários preços, dependendo alguns o dobro do preço do outro? Então, assim também é com a fotografia. Você irá encontrar vários preços.

E qual o motivo você acha que o produto "A" seja mais caro que o produto "B"? Qual será o publico que irá consumir o produto mais caro? Ambos os produtos irá saciar o seu desejo? O que faz com que o valor de um seja maior que o outro, já que é o mesmo produto?

Se formos pensar assim, logo chegaremos a conclusão que o produto mais caro, certamente é um produto melhor, um produto feito com materiais melhores, e por aí vai (vamos dar por exemplo duas marcas de refrigerante de cola).

Outra coisa que queria destacar, fotografia não é algo padrão! 90% das pessoas (indice feito de cabeça, rsrs) já vem com essa pergunta: Duarth, quanto você cobra para fotografar?

E não é bem assim, imagine você chegando para um pedreiro dizendo "Quanto você cobra para construir minha casa?"; certamente ele precisa antes saber o que você quer, para que te dê um valor, não é uma coisa padrão como um produto que você encontra e tá ali o preço e independente do que for o preço muda. Para tudo é necessário falar o que quer, para que o profissional possa te dizer o preço daquilo, por exemplo, o preço de um serviço que seja 30 minutos e que seja no local do cliente nunca será o mesmo de um serviço de 3 horas de duração, a qual irá requerer o deslocamento e também outras disponibilidades.